Tags

, , , , , ,

Castel Gandolfo (Foto: Priscila Dal Poggetto)

Castel Gandolfo (Foto: Priscila Dal Poggetto)

Castel Gandolfo (Foto: Priscila Dal Poggetto)

Castel Gandolfo (Foto: Priscila Dal Poggetto)

“Aqui encontro tudo. Montanha, lago, e vejo até o mar. As pessoas são gentis.” Tenho lá meus questionamentos sobre muitas palavras de líderes religiosos, mas estas aqui do Papa Bento XVI sobre o local onde foi fincada a casa de verão dos papas posso dizer que são. Confirmei a beleza e a gentileza do vilarejo de Castel Gandolfo com os meus próprios olhos, assim como o elogioso comentário do pontífice em uma placa na fachada da prefeitura do vilarejo. Não à toa, é neste local de descanso onde Bento XVI passará os próximos dois meses, enquanto o conclave escolhe seu sucessor. Uma recompensa e tanta para o Papa, pop pelos oito anos polêmicos de cargo, incluindo o histórico pedido de demissão (a cereja que faltava no “gelato”, por sinal).

Então, vou explicar um pouco o que realmente é este cantinho, sem torres, relâmpagos e morcegos (isso deixa para o Drácula). Castel Gandolfo é um lugar absolutamente lindo, a 30 quilômetros de Roma, na Itália, basicamente ornado pela enorme propriedade da igreja católica, maior do que o próprio Vaticano. Ela é datada de 1596 e divide a paisagem com uma charmosa praça (com direito a fonte no meio e uma igrejinha de canto), o Lago de Albano e o mar.

À esquerda fica a sorveteria; ao centro, a casa de veraneio dos Papas (Foto: Priscila Dal Poggetto)

À esquerda fica a sorveteria; ao centro, a casa de veraneio dos Papas e a varanda onde eles abençoam os fiéis (Foto: Priscila Dal Poggetto)

Não é exagero dizer que Castel Gandolfo é um dos lugares mais bonitos do mundo. E a população de cerca de 9 mil habitantes é bem receptiva e calorosa com os visitantes, o que torna o vilarejo ainda mais leve e agradável. A sensação de que o tempo não existe é tão forte, que dá para passar horas sentado em uma das cadeiras da praça saboreando o incrível sorvete que vendem por lá. Assim como o autêntico “gelato” italiano, o espírito da gente fica cremoso ao caminhar pelas ruas de pedra fincadas na montanha.

Lago de Albano em Castel Gandolfo (Foto: Priscila Dal Poggetto)

Lago de Albano em Castel Gandolfo (Foto: Priscila Dal Poggetto)

Normalmente, os Papas vão para a casa de veraneio na Páscoa e quando a temperatura esquenta demais no Vaticano. Eles pegam a brisa entre os jardins e as arejadas dependências da casa, que têm um visual rústico, muito diferente das construções onde vivem. A propriedade tem até uma pequena produção agrícola e pastos com vaquinhas.

Castel Gandolfo é um simpático vilarejo italiano (Foto: Priscila Dal Poggetto)

Castel Gandolfo é um simpático vilarejo italiano (Foto: Priscila Dal Poggetto)

Tudo, obviamente, fechado ao público. O único evento que acontece muito de vez em quando é o Papa abrir a porta e sair em uma sacada para dar a benção. Nesta quinta-feira, porém, ele puxou as abas de madeira para falar “arrivederci” aos fiéis, que aguardavam ansiosos na praça, após passarem o dia decorando as fachadas das casas com homenagens. Com o pedido de demissão, o que dizem por aí é que Bento XVI não vai passar nem perto da janela durante a estadia em Castel Gandolfo. Segundo o Vaticano, ele vai ficar enfiado em um ou outro quarto da casa.

Em Castel Gondolfo (Foto: Priscila Dal Poggetto)

Em Castel Gondolfo (Foto: Priscila Dal Poggetto)

Não sei não. Se fosse eu, a esta altura do campeonato, vestiria uma sombria capa preta e sairia na calada da noite, em busca de um bola de pistache e outra de nata. Com o copinho de sorvete na mão, apoiaria-me no parapeito da mureta que tem vista para o lago e, lentamente, degustaria a preciosidade, sentindo o vento no rosto. Só interromperia esta missa para dizer “buonanotte ” a qualquer um que passasse ao meu lado e assim, quem sabe, seria abençoada com um ou outro sorriso de espíritos iluminados.

***

Sem dúvida, a Itália tem os melhores sorvetes do mundo, mas sempre existe o risco de tomar um nem tão bom assim. Em Livorno, por exemplo, além de ter comprado um bem sem graça, tive de fugir dos 10 vendedores ambulantes que me abordaram na saída da sorveteria. Em compensação, em Castel Gandolfo pude experimentar o melhor sorvete desta viagem, contornando o Mar Mediterrâneo. A sorveteria é a única que tem na pracinha, é fácil achar.

Meus dois sabores preferidos são o de nata e o de pistache, então, passo a receita de um sorvete de pistache com merengue italiano. Clique aqui ou acesse o post anterior e confira. Se preferir comprar direto na sorveteria, recomendo três endereços com sorvetes de pistache e de nata (entre outros) realmente inesquecíveis.

Serviço

Em São Paulo
Bacio di Latte
http://www.baciodilatte.com.br
Rua Oscar Freire, 136, Jardins
Av. Rouxinol, 576, Moema
Shopping JK Iguatemi, Vila Olímpia
Rua Bela Cintra, 1829, Cerqueira César

Bella Paulista
http://www.bellapaulista.com
Rua Haddock Lobo, 354 , Cerqueira Cesar
(11) 3214-3347

Em São Caetano do Sul
Gaetano Gelateria e Cafeteria
Av Vital Brasil Filho, 80, Osvaldo Cruz
(11) 4224-5487