Tags

, , , ,

O charuto das donzelas (Foto: Priscila Dal Poggetto)

O charuto das donzelas (Foto: Priscila Dal Poggetto)

– Permita-me, senhorita. Sugiro este charuto. Ele tem um sabor mais leve. É o charuto que as ricas donzelas cubanas apreciavam (referindo-se ao período anterior à Revolução). E, assim como as donzelas, sempre segure o charuto com os quatro dedos em cima. O polegar dá o apoio embaixo.

Foi assim que conheci o gentil senhor colombiano Oscar. Foi ele quem me ensinou a fumar charutos delicadamente.

Adornado por um chapéu, o colombiano vive durante o dia uma rotina pacata com a irmã e uma gata, no entanto, encanta a noite de Cartagena de Indias com seus leves passos de rumba, ao convidar os turistas a entrar no bar “Tabaco & Ron”, localizado na Plaza Fernández Madrid. Oferece charutos, mojitos e margueritas. E atende cada mesa com uma energia inexplicável.

Assim que

Giselli, Oscar e eu no 'Tabaco & Ron' (não, Oscar não sorri em fotos)

Giselli, Oscar e eu no ‘Tabaco & Ron’ (não, Oscar não sorri em fotos)

eu e minha companheira de viagem conhecemos Oscar, passar no “Tabaco & Ron” virou rotina, mesmo que fosse só para acenar um “hoooooola Oscar, que tal?!”.
A noite em Cartagena é um desfile. De locais, de turistas, de cavalos puxando carroças com…turistas, de bêbados (mendigos, locais e turistas), de cachorros (locais) e de muitos sons. E todos desprendem olhar de seus caminhos para assistir ao balé de Oscar.

Entre um gole e outro, uma fumaça e outra, conhecemos um pouquinho do mundo deste colombiano de nome tão colombiano.

A encantadora esquina do Tabaco & Ron (foto: Priscila Dal Poggetto)

A encantadora esquina do Tabaco & Ron (foto: Priscila Dal Poggetto)

Assim, sem pretensão alguma, uma inesperada amizade surgiu, selada por uma cigarrilha que nos deu como agrado.

As inspiradoras noites de Cartagena (Foto: Priscila Dal Poggetto)

As inspiradoras noites de Cartagena (Foto: Priscila Dal Poggetto)

Oscar sempre nos esperava:

– Minhas princesas! Bem-vindas novamente!

E todas as noites ele nos perguntava quando iríamos embora, o que não o fez se livrar das lágrimas. Na nossa última noite naquela calçada de quina, antes que pestanejássemos sentar a alguma mesa, ele nos conduziu ao balcão do bar:

– Tenho um “regalo” para as princesas.

E entregou para cada uma um colar que encomendou, com a delicadeza de escolher a cor preferida de cada uma. O abraço foi seguido por passadas largas naquelas ruas. Olhos marejados e o colar ao peito. Seria muito injusto com nosso coração olhar para trás.

***

No bar “Tabaco & Ron”, há um festival de drinks latinos como margueritas, mojitos, doses de rum e cervejas locais. Mas para uma boa noite de ressaca, eles servem a mais tradicional bebida de Cartagena sem álcool: limonada de coco. A receita é super simples, mas o segredo dos colombianos é usar o leite de coco fresco feito em casa. Passo a receita no post anterior, mas com o leite de coco da garrafa mesmo (dá menos trabalho).